peach

Nascido na cidade de São Paulo, Alexandre sempre teve um olhar diferente para cenas do cotidiano. As lentes da câmera foram a maneira encontrada para transformar sua visão em arte. O fotógrafo independente é apaixonado por animais, aventura, paisagens e histórias humanas.

GABE COSTTA

Gabe Costta é fotógrafo profissional, residente na Flórida, onde desenvolve seu projeto de fine art.
Durante sua carreira no Brasil, fotografou campanhas de Moda, Retratos, Teatro Musical, e em parceria
com a Revista Adega publicou Capas e foi o fotógrafo oficial dos maiores eventos de vinho: International
Tasting e Adega Folha.
“Tudo no fim, se resume a uma imagem”.
Gabe

Exibindo 1–40 de 58 resultados

ALEXANDRE SUPLICY

Fotógrafo independente é apaixonado por animais, aventura, paisagens e histórias humanas, nascido na cidade de São Paulo, Alexandre sempre teve um olhar diferente para cenas do cotidiano. As lentes da câmera foram a maneira encontrada para transformar sua visão em arte. Alexandre Suplicy se formou em fotografia pela “Vega School of Johannesburg – South Africa”
Passou dois anos na África, viajando para diversos países para captar suas belezas, povos e particularidades.
Publicou o e-book “Jobless?”, no qual retrata a realidade dos desempregados da África do Sul.
Entre os países visitados por ele para fotografar estão: África do Sul, Botswana, Lesotho, Tânzania, Zambia e Namíbia, Estados Unidos e França.
Em 2014 venceu o “Travel Photography Awards”, na categoria “Rookie Awards”. Importante prêmio de fotografias de viagem realizado na Nova Zelândia com o Albúm “Namíbia Única”.
Também foi selecionado para a exposição “Street Photography” – Foto em Pauta no 4º Festival de Fotografia de Tiradentes.
Em 2015 realizou uma exposição individual “Olhar Expresso” no Metrô Vila Prudente com fotos de São Paulo.
Atualmente desenvolve um projeto autoral sobre a adoção de cães no Brasil.
Apaixonado por animais sabe captar momentos muito especiais com estes seres incríveis

Exibindo 1–40 de 197 resultados

FERNANDA ALTENFELDER

 

Fotógrafa paulistana, Altenfelder extrai de sua frenética rotina de São Paulo, a poesia que muitas vezes nos escapa aos olhos. Em caminhadas pela cidade, com olhar atento e em meio à notas do cotidiano, extrai musicalidade em forma de pixels. Sempre teve o olhar voltado à arte cotidiana, porém apenas como apreciação. Contudo, há nove anos atrás, Fernanda passou a registrar o cotidiano de forma livre e criativa. Artista autodidata, ela busca nas linhas sua inspiração para fotografar objetos e pessoas. Em um mundo de selfies, a fotógrafa prefere buscar sentidos no instante. Seu trabalho vem conquistando grandes horizontes em exposições que percorrem o mundo virtual e físico. Participou em exposições em São Paulo, Manaus na 28° Bienal de Arte Fotográfica Brasileira em Preto e Branco, Foz do Iguaçu na 28° Bienal de Arte Fotográfica Brasileira em Cores onde recebeu Menção Honrosa. Em 2014, teve suas fotografias publicadas no livro Essência e Memória – Antologia luso-brasileira de fotografia, Vol. IV com exposições e lançamentos no Brasil e Portugal. Em 2015, participou no Festival Instantes em Avintes, Portugal. Co-produziu o livro e a exposição “A vida num instante” do fotógrafo português, Fidalgo Pedrosa. Além de Pedrosa, Altenfelder tem grande admiração pelo fotógrafo Sebastião Salgado, a quem considera um ícone da fotografia.Sempre ouve teve o olhar voltado à arte cotidiana, mas era apenas apreciação. Contudo há seis anos atrás Fernanda passa a registrar toda a arte cotidiana de forma livre e criativa.
O momento de fotografar é uma incógnita, por isso tem a sua câmera portátil como companheira inseparável. Engana-se quem, no primeiro olhar, acredita que suas imagens são frutos de recursos sofisticados e alta tecnologia.
Artista autodidata, buscou nas linhas a sua inspiração para fotografar objetos e pessoas. Com mais frequência o primeiro que o segundo. Em um mundo de selfies , Fernanda prefere buscar sentidos no instante.
Seu trabalho vem conquistando grandes horizontes, em exposições que percorrem o mundo concreto e virtual. Já expôs em São Paulo, Manaus (28ª Bienal de Arte Fotográfica Brasileira em Preto e Branco), Foz do Iguaçu (28ª Bienal de Arte Fotográfica Brasileira em Cores, com menção honrosa) e este ano atravessa o Atlântico para desembarcar em Avintes, Portugal no Festival Instantes.
Co-produziu o livro e a exposição, “A vida num instante”, do fotógrafo português, Fidalgo Pedrosa, do qual tem grande admiração. Tem ainda fotografias publicadas no livro Essência e Memória – Antologia luso-brasileira de fotografia – volume IV com exposição e lançamento nos dois países em 2014. Além de Fidalgo Pedrosa, tem uma grande admiração por Sebastião Salgado o qual considera o ícone da fotografia.

Exibindo 1–40 de 82 resultados

HENRIQUE CORREGEDOR

Paulistano, 32 anos, Henrique Corregedor é publicitário, pós graduado em Marketing e atua como profissional da área há mais de 12 anos. A fotografia entrou em sua vida no início do Ensino Médio, quando cursou técnico em Publicidade e Propaganda na FECAP.

Acredita que as imagens expressam todas as referências, sejam elas culturais, éticas, morais e cívicas, que tiveram ao longo da formação de seu caráter e da vida também.

Por isso afirma que na fotografia e artes é possível encontrar a presença inata daquele que a criou, seja atual ou antiga.

Exibindo 1–40 de 43 resultados

BANNER_MODELOS
Shadow

Exibindo todos 12 resultados

Rolar para cima
WhatsApp chat